14/12/2015

PARABÉNS

  
    De novo, no ranking das escolas agora apresentado, temos motivos para estarmos muito orgulhosos.
Entrevista ao Jornal de Notícias, de 12 de dezembro


  De novo, na disciplina de Português, os alunos do 12º e o Professor Cepa foram os melhores, em escolas públicas, na região norte, e os terceiros a nível nacional, com média de 13,56.

  Pedro Santos Guerreiro escreve o artigo A vida da escola, no Expresso do dia 12, onde refere o problema das desigualdades entre escolas públicas e privadas, do interior e do litoral:

  Está provado que determinante para a escolaridade dos filhos são as habilitações dos pais (sobretudo, em Portugal, das mães). Além disso, este ranking é relativo, não é absoluto: não mede se uma escola é boa ou má, mas se os alunos têm melhores ou piores resultados do que os de outras escolas. Uma escola pode estar relativamente mal classificada e ter um trabalho excelente, se estiver numa zona pobre e tiver alunos desinseridos.
 
 

2 comentários:

  1. Que orgulho! Parabéns a todos os responsáveis por esse sucesso! Ao colega Cepa, que já se vai habituando aos bons resultados, o que não me surpreende por ser profunda conhecedora das suas qualidades enquanto docente da disciplina e no trato com os alunos, deixo um abraço carinhoso.
    Júlia Bacelar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também contribuíste muito para este sucesso.

      Eliminar

COMO PODES COMENTAR?

1º Escreve o teu comentário ou sugestão.
2º Identifica-te.
3º Selecciona o perfil "Anónimo".
4º Clica em "Enviar comentário"

Atenção: todos os comentários são moderados - não serão publicados os comentários ofensivos ou com erros ortográficos.